Museu de Arte Sacra
de Santa Maria


O MUSEU DE ARTE SACRA DE SANTA MARIA: PARÓQUIA CATERAL


O Museu Sacro de Santa Maria (MS) foi criado pelo Conselho Paroquial da Catedral Diocesana de Santa Maria, em 2005, após a realização da terceira reforma na matriz católica, que ocorreu entre 1998 e 2004, sob a administração do pároco Antônio Bonini. A implementação do Museus Sacro realizou-se através de projetos aprovados pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura (LIC) e com o apoio da comunidade santa-mariense, de pessoas físicas e jurídicas.

Em 2006, o Museu Sacro passou a fazer parte do Sistema Estadual de Museus (SEM/RS); foi integrado ao Sistema Municipal de Museus de Santa Maria (SMM) e foi inserido no Cadastro Nacional de Museus, do Departamento de Museus e Centros Culturais (DEMU), IPHAN - MinC, Ministério da Cultura.

O Museu Sacro de Santa Maria é regido pelo Estatuto do Direito Canônico e possui um Regimento Interno. As obras de arte da Catedral Diocesana, como as pinturas de Aldo Locatelli e Emílio Sessa, foram consideradas uma parte seccional do Museu.